15 maio, 2017

4. | MODA | IN FASHION, Com Rita Completo


MODA

Olá queridas leitoras do blog A Cor do Meu Verniz. ;)

Em tecidos fluídos ou estruturados, pelo tornozelo ou pela canela, lisos ou estampados, os vestidos compridos são uma peça chave quando falamos em tendências Primavera-Verão deste ano.

Já há algumas estações que os vestidos compridos estão presentes nos desfiles de grandes estilistas. Lembro-me que há uns anos surgiu um "boom" de vestidos fluídos com padrão floral, seguidos de destaque em cores rosa e vermelho, como resultado de uma forte inspiração romântica.

Atualmente, pode-se usar a expressão de "vale-tudo", ou seja, os vestidos compridos usam-se em vários tecidos, várias cores, vários padrões e em vários estilos.

Estes vestidos são bastante femininos, práticos e ideais para os dias de calor. Super versáteis pela facilidade de ser facilmente adaptável a variadíssimas ocasiões, quer sejam pessoais ou profissionais, casuais ou formais.

No entanto esta peça cria uma grande controvérsia para as mulheres mais baixinhas... (como eu). Como é do conhecimento de todas nós, há muito tempo que se implementa a "regra" de que mulheres baixas não podem usar vestidos compridos.

Ora bem, para começar a falar sobre este assunto eu digo que no mundo da moda e estilo pessoal não há regras, mas sim orientações. Isto é importante de entender!

Ainda acreditam nesta "regra"? Então faço-vos o convite de acompanharem este artigo e vão perceber que as regras foram feitas para ser quebradas! Eheh

Acima de tudo, devemos conhecer o nosso corpo e saber tirar o melhor partido dele e tentar encontrar um equilíbrio entre o gosto pessoal, estilo de vida e características do nosso corpo.



Dito isto, não podemos de todo, negar que os vestidos compridos não são a peça que mais favorece as mulheres de estatura baixa, pois têm tendência a encurtar ainda mais a figura.
No entanto, em vez de dizer que não podemos usar, eu prefiro dizer que devemos vesti-los com bom senso e alguns conhecimentos.

Há pequenos "truques" que podemos aplicar, de modo a usar esta peça de modo equilibrado e favorecedor. São dicas mesmo muito simples e super fáceis de aplicar que ajudam a escolher o look certo para cada uma de nós.

Salto alto | A sugestão óbvia

É claro que usando uns sapatos de salto alto, contrariamos o efeito de silhueta baixa e ganhamos aqueles preciosos centímetros extra. E a elegância de um salto alto é inquestionável.


MODA

Mas, nem todas as mulheres gostam, ou podem, usar saltos altos. E vamos lá confessar que não é nada versátil ter peças de roupa que só usamos com salto alto, certo?!

Por isso, vamos lá falar de outras dicas que também ajudam bastante.


Tecidos fluídos, cores sóbrias e padrões pequenos | Silhueta mais esguia

Tudo isto cria uma silhueta mais esguia, ou seja, vão parecer mais magras, o que, consequentemente, não vos fará parecer tão baixinhas. Evitem vestidos muito largos, tecidos grossos e estruturados, modelo cai-cai, riscas horizontais e cores muito vibrantes.

MODA




Cintura marcada, comprimento pelo tornozelo e casacos curtos | Pernas mais compridas


Ao usar modelos cintados ou acrescentar um cinto exatamente na zona da cintura, estão a criar uma silhueta mais estreita e a alongar as pernas.

O comprimento não deve ser demasiado comprido para não tropeçarem no vestido, nem demasiado curto para não encurtar a figura. Se o dia exigir um casaco, optem por modelos curtos, o que vai ajudar também ao efeito de pernas longas. Evitem modelos direitos, cintos nas ancas e casacos abaixo das ancas.


MODA




Quem vai começar a usar vestidos compridos?

Beijinhos,
Rita C.
www.ritacompleto-consultoria-imagem.com
(imagens retiradas de https://www.pinterest.pt/consultoriadeim/ e http://www.vogue.com/fashion-shows)